Landing Page: o que é?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
landig page anatomia

O termo Landing Page (que pode ser traduzido como páginas de aterragem) originalmente definida como uma página que um utilizador acecedia para entrar num site.

Tanto que, se  utilizar o Google Analytics em inglês, uma das dimensões de comportamento apresentadas é “Landing Pages”, que na versão em português da ferramenta é substituída por “Páginas de destino”.

Então, se um utilizador pesquisar por determinado assunto no Google e aceder a um post no seu blog, por exemplo, esse post será a página de destino.

No contexto do Marketing Digital,  Landing Page é uma página criada com um objetivo único: a conversão.
Em geral, essas páginas contêm muito menos elementos e links do que a homepage de um site normal. Isso é feito propositalmente: depois de conseguir levar um visitante para uma Landing Page, o seu único objetivo com ele deve ser conseguir a conversão.

Para que uma Landing Page realmente cumpra os seus objetivos, ela precisa estar otimizada para a conversão.

Vamos apresentar uma checklist para criar páginas com foco em conversão e geração de Leads, dividido entre conteúdo e design.

Conteúdo

Criar o título

Os títulos devem aguçar a curiosidade do leitor e descrever o que o utilizador vai ganhar com a conversão. Além disso, citar o nome de um profissional conhecido no mercado e mencionar algum serviço conhecido pelos utilizadores também é desejável.

Criar o subtítulo

O subtítulo deve dar informações extras que podem ser decisivas para convencer o utilizador a clicar para obter o produto ou serviço.

 Escrever os textos

O texto da Landing Page deve descrever melhor a oferta para conseguir vender bem a ideia, eliminar pontos de dúvidas e definir expectativas. Use frases curtas, escolha os pontos mais importantes e fale dos benefícios que a oferta gera.

Definir imagens

Use uma imagem que reflita a sua oferta. Evite imagens generalistas, que podem atrapalhar a conversão. Um bom teste para ser feito é visualizar a imagem sem o título da Landing Page. Ao fazer isso, responda: a imagem por si só tem relação com a oferta? Se sim, use-a.

Design

Escolher um modelo de página em que o conteúdo adapte-se não use o mesmo modelo de Landing Page para qualquer oferta. O modelo que  escolher deverá estar relacionado ao tamanho do texto, à quantidade de itens abordados, tipo de imagem, tipo de oferta etc.

Adicionar o conteúdo à página

Utilize algum software para criação de Landing Pages, Marketing. Dessa forma, é mais fácil adicionar o conteúdo à página. Caso não utilize uma ferramenta para desenvolver as páginas, o conteúdo deverá ser inserido na Landing Page por um programador.

Determinar os campos do formulário

A quantidade e os tipos de campo do formulário devem variar conforme o tipo da oferta, a persona para a qual a oferta é destinada, o provável estágio do funil em que o visitante se encontra etc. Ou pode utilizar progressive profiling, formulários inteligentes que perguntam apenas o que o seu Lead ainda não respondeu, caso essa opção esteja disponível no seu software de criação de Landing Pages.

Identificar a sua identidade

É importante que a Landing Page tenha uma identidade visual que case com a identidade da sua empresa. Mas tenha em mente que nem sempre o layout mais bonito é o que converte mais. Use cores contrastantes e dê destaque aos Calls to Action (CTAs).

 Apresentamos aqui um bom exemplo.

Landing page da Industrial Strength Marketing

Esta landing page atrai bastante por ter um título instigante e sagaz: “Don’t Make Me Zoom” (Não me faça dar zoom). Esse título expõe sem rodeios uma experiência comum que a maioria de nós já teve ao navegar na Internet pelo telemovel ou tablets – além de ser um pouco atrevido, também.

site-up-landing-page-example

Mas essa não é a única característica que atrai. Observe o posicionamento estratégico do vermelho: bem nas partes de cima e de baixo do formulário, atraindo o visitante ainda mais para o componente de conversão.

Além disso, esse modelo é versátil: fica bonito e funciona bem no em telemóvel  também. Lembre-se de que muitos visitantes acessarão as suas landing pages em smartphones ou tablets e, se o design do seu site não funcionar bem nesses aparelhos, eles provavelmente vão desistir e abandonar a página.

O pessoal da Industrial Strength Marketing deixou as fontes e os campos do formulário grandes o suficiente para que os visitantes não precisem dar zoom para ler e interagir com o conteúdo, por exemplo.

www.resultadosdigitais.com.br

www.hubspot.com

Deixe o seu comentário

Subscreva a nossa Newsletter